Redes sociais estão a aumentar a depressão nos jovens

Fonte de Imagem: dinheirovivo.pt

A conclusão não é nova, mas voltou a ser comprovada por um estudo científico

O tempo passado a interagir em redes sociais, como o Facebook ou o Instagram, pode aumentar o aparecimento de sintomas de depressão. Foi a esta conclusão que chegou um estudo publicado pela revista científica JAMA Pediatrics, de um dos maiores centros pediátricos da América do Norte, que observou os hábitos de mais de 4 mil adolescentes, entre os 12 e os 16 anos.

“As redes sociais e a televisão são meios que expõem, com frequência, aos adolescentes, imagens de outros em situações mais prósperas, como outros adolescentes com corpos perfeitos e um estilo de vida mais emocionantes ou com mais meios materiais”, sublinha Elroy Boers, autor do estudo. Nos videojogos ou no computador, esta tendência não se verifica. Nunca lhe pareceu que todos os seus “amigos” do Instagram estão sempre felizes, a viver um estilo de vida quase luxuoso, rodeados de amigos? E porquê? As redes sociais tendem a mostrar uma imagem distorcida da realidade e, geralmente, constantemente positiva. O problema é reforçado pelos algoritmos, que vão alimentando a exposição continuada ao mesmo género de conteúdos.

A constante exposição a estereótipos, que na maioria das vezes não são reais, pode ter um efeito negativo na autoestima dos jovens que utilizam as redes sociais. Mas, ainda há tempo para evitar graves consequências. “A investigação revela que o uso excessivo de certos meios digitais pode começar a gerar sintomas de depressão no espaço de um ano, o que dá aos pais e educadores uma janela de tempo para poderem atuar”, alerta Boers.

No Centro de Ajuda, existem vários casos de jovens que sofriam de depressão e até recorriam à automutilação como forma de tentar atenuar o sofrimento e a angústia interior da qual não conseguiam escapar. Sem saberem explicar a fonte da sua extrema tristeza, todos, indistintamente, recebem a ajuda tão desejada e que lhes permite, desse dia em diante, começar uma nova história, repleta de momentos felizes.

Fonte: dinheirovivo.pt

Envie-nos a sua mensagem

Contactos

  • 218 368 008

  • apoio@saindodadepressao.pt

  • Rua Dr. José Espírito Santo, Nº 36
    Chelas, Lisboa